Problemas de Cabelo

Problemas de Cabelo

O cabelo pode ser longo e ondulado, curto e liso ou com outras formas, com diferentes comprimentos, estilos, cores e texturas. Contudo, praticamente qualquer pessoa, em algum ponto da sua vida, tem problemas de cabelo. O nosso artigo cobre os problemas mais comuns relativos ao cabelo, como a queda de cabelo, o cabelo grisalho e o cabelo oleoso.

Cabelo Grisalho

Algumas pessoas consideram o cabelo grisalho (branco) como algo que os distingue de outras pessoas, ao passo que outras pessoas consideram o cabelo branco como um sinal de que está a envelhecer. De qualquer forma e, independentemente de como se sente, a eclosão de cabelo branco é inevitável com a idade.

O cabelo obtém a sua cor através de um pigmento chamado melanina, que é produzida por células de melanócitos nos folículos pilosos. Estudos recentes descobriram que os melanócitos conseguem suportar danos cumulativos ao longo dos anos, o que, eventualmente, deixa-os incapazes de produzir melanina. Estudos sugerem que danos ao DNA e o acumular de peróxido de hidrogênio nos folículos são possíveis causas desta interrupção na produção de melanina. Sem melanina, o novo cabelo que cresce não tem pigmento, o que faz com que se pareça cinza, branco ou prata.

Algumas pessoas começam a ter cabelo grisalho muito jovens, por vezes durante a adolescência. Este processo é muitas vezes determinado pelos genes, pelo que se o seu pai ou mãe tiverem cabelo grisalho jovens, você pode vir a ter o mesmo problema.

Se não gosta do cabelo branco, você pode disfarçar facilmente os mesmos através de tintas para cabelo.

Queda de Cabelo

Em condições normais, o cabelo atravessa um ciclo regular de crescimento. Durante a fase anágena, a qual dura entre três a quatro anos, o cabelo cresce. Ao longo da fase telógena, a qual pode durar até três meses, o cabelo repousa. No fim da fase telógena, o cabelo cai e é substituído por cabelo novo.

A pessoa comum perde cerca de 100 cabelos por dia. A queda de cabelo pode também ter outras causas, como as relacionadas com drogas ou doenças.

À maneira que envelhecem, os homens tendem a perder cabelo no topo da cabeça, o que eventualmente faz com que tenham cabelo quase só nos lados da cabeça. Este tipo de queda de cabelo é conhecida como queda de cabelo de padrão masculino e é causada por fatores genéticos (de ambos os pais), além disso é ainda enfatizado pelas hormonas masculinas, nomeadamente, pela testosterona. Na queda de cabelo de padrão feminino, a queda de cabelo é diferente, pois regista-se um enfraquecimento gradual do cabelo, originando cabelos mais finos e uma queda de cabelo ligeira. Neste caso, a linha frontal de cabelo mantém-se.

Existem várias desordens que podem causar a queda de cabelo. Pessoas que têm uma condição denominada de Alopécia Areata perdem o seu cabelo no couro cabeludo e outras partes do corpo. Outras condições de saúde que podem causar a queda de cabelo, são:

  • Medicamentos, como antidepressivos, retinóides, antiinflamatórios, anticoagulantes, pílulas anticoncepcionais e outros tratamentos hormonais. Medicamentos de pressão arterial elevada, quimioterapia e radiação
  • Infecções graves
  • Cirurgia de grande dimensão
  • Tireóide hiperativa ou hipoativa
  • Outros problemas hormonais
  • Stress severo
  • Doenças auto-imunes, como o lúpus
  • As infecções fúngicas do couro cabeludo
  • A gravidez e o parto

Algumas práticas, como o uso recorrente de químicos no cabelo, podem também levar à queda do mesmo. Algumas pessoas puxam de forma compulsiva o seu cabelo, numa condição psicológica conhecida como tricotilomania.

Quando a queda está relacionada com uma medicação, parar com esse medicamento geralmente não só previne a queda de mais cabelo, como também o cabelo que perdeu irá crescer de novo. O cabelo tende a crescer, após a maior parte das doenças, terapia de radiação e mesmo a quimioterapia. Usar uma prótese capilar durante este tempo, pode ser uma solução momentânea até ao cabelo voltar. Os transplantes de cabelo são outra solução, quiçá mais permanente.

A perda de cabelo relacionada com os padrões femininos e masculinos não irá passar por si, mas existem medicamentos que podem a atrasar o processo de queda e ainda promover o crescimento de cabelo. O Minoxidil é um medicamento tópico que está disponível tanto para homens como para mulheres. A Finasterida é um comprimido que está disponível para homens, geralmente através de receita médica. Em alguns casos, a cortisona pode ajudar a recuperar o cabelo perdido.

Cabelos Danificados

A secagem recorrente com o secador, o alisamento constante do cabelo, entre outros, pode danificar o cabelo, deixando-o quebradiço. O calor excessivo pode causar pontas duplas, o que ocorre quando a camada externa de protecção do cabelo (a cutícula) está danificada. Alguns tratamentos para pontas duplas incluem:

  • Escove levemente com uma escova macia e flexível.
  • Evite a toalha para secar o cabelo. Se você secar o cabelo com uma toalha, esfregue suavemente.
  • Use um condicionador, e use um condicionador profundo uma vez por semana.
Cabelo precisa de humidade e uma certa quantidade de óleo para manter uma aparência saudável. Várias coisas podem secar o cabelo, como:
  • Lavá-lo com muita frequência
  • Usar um shampoo duro
  • Excesso de uso de objectos de secagem ou a utilização recorrente de um ferro de ondulação ou alisamento
  • A exposição ao sol, vento e ar seco
  • A má nutrição
  • Certos medicamentos
Para manter a humidade em seu cabelo, tente essas dicas:
  • Não lave o cabelo todos os dias, a menos que você tenha uma condição do couro cabeludo como caspa que necessita de lavagem diária para o controle ou cabelo muito oleoso. Quando você lavar o cabelo, use um shampoo suave, pois foi projetado para infundir a umidade no cabelo seco. Além disso, use um condicionador diário.
  • Limite objectos de secagem e uso de ferros quentes ou rolos quentes.
  • Aumentar o tempo entre tratamentos capilares.
  • Usar um chapéu em dias frios e ventosos e colocar uma touca de banho durante o banho.

Cabelo Oleoso

O nosso couro cabeludo contém um óleo natural, denominado de sebo, o que ajuda a manter a pele lubrificada. O sebo é produzido pelas glândulas sebáceas. Por vezes, estas glândulas produzem demasiado óleo, levando a um couro cabeludo oleoso. O cabelo oleoso é inestético, pelo que é importante combater o mesmo. Para tratar o cabelo oleoso, lave o cabelo diariamente com um shampoo suave especialmente formulado para controlar o sebo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.